Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Mensagem da Presidente

Mensagem da Presidente

Este Conselho iniciou as suas funções em março de 2019, tendo assumido como prioridade a definição de um Plano Estratégico para a PARVALOREM, em conjunto e articulação com a PARUPS, e a PARPARTICIPADAS.

A empresa encontra-se numa fase madura do seu ciclo de atividade, com uma considerável redução de ativos sob gestão, entendendo este Conselho que devem ser tomadas as opções estratégicas que, no período do atual mandato, possibilitem a concretização de uma solução de estrutura residual, que assegure a manutenção do objetivo de maximização do valor de recuperação e minimização de custos.

No contexto da implementação do Plano Estratégico, e conscientes da importância de alinharmos as opções estratégicas com os interesses dos Colaboradores, nomeadamente quanto a potenciarmos a sua empregabilidade futura, pretende-se continuar a promover iniciativas de fomento da empregabilidade, através da externalização de funções com transferência de Colaboradores, rotação de Colaboradores entre departamentos tendo em vista promover dinâmicas operacionais, motivar os colaboradores e reforçar competências e capacidade de produção das áreas core.

A este respeito, em 2019, para além da criação de uma nova unidade de recuperação de crédito para grandes devedores, conseguiu-se chegar a acordo para a externalização da função de Contabilidade, dando a oportunidade aos Colaboradores dessa equipa de integrarem o prestador externo.

É também área prioritária de atuação, a redução de custos operacionais, em linha com a execução do Plano Estratégico, durante todo o mandato.

Assim, iniciámos a implementação de um plano de redução de custos que incluiu a mudança de instalações de Lisboa para Miraflores, concretizada em agosto, com concentração no novo local de todas as Empresas do universo PARs, a redução e o reequacionamento dos contratos de fornecimento e serviço de terceiros, o redimensionamento dos escritórios no Porto, e ainda a renegociação e redução significativa dos valores das avenças com advogados. A redução operada na rúbrica de Fornecimento e Serviços Externos em 2019 foi de 15%, face aos valores de 2018.

Também ao nível dos encargos financeiros foi possível a sua redução, através da amortização antecipada de todo o financiamento bancário, cujas taxas de juro eram significativamente mais elevadas que o custo de financiamento da República Portuguesa, e substituição por financiamento contraído junto do acionista.

Ao nível da atividade a Sociedade manteve uma boa trajetória de recuperação, tendo concretizado no exercício de 2019 uma recuperação total de € 63,5 milhões, dos quais € 49,9 milhões diretamente decorrentes da carteira de crédito, € 9,6 milhões com a atividade imobiliária e € 4 milhões em ativos financeiros e obras de arte.

Uma nota de destaque à Comissão de Trabalhadores, pela atitude construtiva e de colaboração com o Conselho na procura das melhores soluções para os Colaboradores.

A todos os Colaboradores da empresa, uma palavra de apreço, pelo empenho e resiliência que têm demonstrado no desenvolvimento do vosso trabalho, essencial para o cumprimento desta missão.

Exprimimos também um sentido reconhecimento pelo suporte dado na prossecução dos objetivos da empresa à Direção-Geral do Tesouro e Finanças, ao Conselho Fiscal e aos Auditores externos da sociedade.

Para terminar, uma palavra de agradecimento à Tutela, pela confiança e apoio, essenciais para o desenvolvimento do nosso trabalho.

 

Sofia Brígida Correia dos Santos de Marçal Teixeira Furtado Torres

Presidente do Conselho de Administração

 
<